Estudo Bíblico - Igreja Inesquecível - Aluno

Código: CCKTU83F7 Marca:
12x de R$ 0,66
R$ 7,99
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 7,99 sem juros
    • 2x de R$ 3,99 sem juros
    • 3x de R$ 2,66 sem juros
    • 4x de R$ 1,99 sem juros
    • 5x de R$ 1,59 sem juros
    • 6x de R$ 1,33 sem juros
    • 7x de R$ 1,14 sem juros
    • 8x de R$ 0,99 sem juros
    • 9x de R$ 0,88 sem juros
    • 10x de R$ 0,79 sem juros
    • 11x de R$ 0,72 sem juros
    • 12x de R$ 0,66 sem juros
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

EXPOSIÇÃO DA 1ª CARTA DE PAULO AOS TESSALONICENSES    

- Lição 01 | Dependência de Deus

- Lição 02 | O valor de um bom referencial

- Lição 03 | Um ministério inesquecível

- Lição 04 | Um ministério inesquecível (Parte 2)

- Lição 05 | Um cristão diferenciado

- Lição 06 | O ser humano por trás do título

- Lição 07 | Crescimento espiritual

- Lição 08 | A realidade da morte

- Lição 09 | A cronologia de um dia glorioso

- Lição 10 | A repentina volta de Jesus

- Lição 11 | Como não ser pego desprevenido na volta de Cristo?

- Lição 12 | A boa convivência entre os irmãos

- Lição 13 | O cultivo de uma vida cristã saudável

 

“Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro” (1Ts 4.16).

           

Esta foi a primeira carta doutrinária/ canônica escrita pelo apóstolo Paulo de que se tem notícia, e foi ele mesmo quem fundou a igreja em Tessalônica, por ocasião da segunda viagem missionária (At 17). Mais tarde, Paulo enviou seu filho na fé, Timóteo, aos tessalonicenses, que regressou a ele dando conta do estado da igreja e dos principais problemas ali observados. De Corinto, o Apóstolo escreveu para responder ou orientar os crentes sobre vários pontos da doutrina e também da vida cristã. A primeira carta de Paulo aos cristãos de Tessalônica provavelmente foi escrita entre os anos 50 e 51 d.C.

O principal propósito das viagens missionárias do apóstolo Paulo foi de plantar igrejas e anunciar a Cristo onde Ele ainda não havia sido anunciado (Rm 15.20), e foi assim que nasceu a Igreja do Senhor Jesus em Tessalônica (At 17.1-9). Mas com o estabelecimento da igreja naquela cidade, havia necessidade de treinar líderes (ex: At 17.5; 20.4), e, principalmente, de doutriná-la. Nesse último propósito, a escrita das cartas apostólicas se fez extremamente necessária. Louvamos a Deus pela vida do pastor Marcos André, que se debruçou sobre as Escrituras para expor, de maneira muito sábia, a primeira carta do apóstolo Paulo aos Tessalonicenses.

É justamente nas lições três e quatro que o tema do serviço que prestamos no reino de Deus, é tratado pelo autor sob o título: um ministério inesquecível; e isso é particularmente verdadeiro quando somos aprovados pelo Senhor da Seara. Paulo escreveu: “Pelo contrário, como homens aprovados por Deus, a ponto de nos ter sido confiado por ele o evangelho, não falamos para agradar a pessoas, mas a Deus, que prova os nossos corações” (1 Ts 2.4). Deus nos prova continuamente, isso funciona como uma espécie de “controle de qualidade”, mas seu teste nunca ocorre além das nossas forças, e Ele também nos ajuda nas horas mais difíceis.

Um dos temas mais interessantes dessa carta paulina está relacionado à morte física. Paulo foi avisado por Timóteo da excessiva tristeza dos tessalonicenses com relação aos irmãos que haviam morrido: “Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem” (1Ts 4.13-14). E o desconhecimento dos crentes tessalônicos, abriu oportunidade para toda cristandade aprender sobre esse aspecto tão importante da nossa existência além-túmulo, que o pastor Marcos André comenta na lição oito.

Outro assunto que domina a primeira carta aos Tessalonicenses, do começo ao fim, é a respeito da segunda vinda de Cristo, que Paulo trata por diversos ângulos, por exemplo: “e para aguardardes dos céus o seu Filho, a quem ele (Deus) ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura” (1Ts 1.10). No último capítulo Paulo diz o mesmo com outras palavras; observe: “porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançar a salvação mediante nosso Senhor Jesus Cristo” (1Ts 5.9). Essa “ira” de que Paulo está falando, tem a ver com a grande tribulação (Mt 24.21), prevista no Apocalipse e em Daniel (Ap 7.14; Dn 12.1), que está intimamente relacionada à segunda vinda de Cristo, e que o autor explica com maestria nas lições de nove a onze.

 

Portanto, a presente revista de estudos da Bíblia, além de nos permitir aprofundar em vários e importantes temas doutrinários e de vida cristã, também é um bom comentário bíblico da primeira epístola de Paulo aos Tessalonicenses, por isto, após o encerramento dos estudos, aconselhamos que ela seja arquivada, para servir de objeto de pesquisa na preparação de estudos e sermões. Desejamos a todos os estudantes das Escrituras, uma empolgante viagem na história bíblica e na doutrina paulina.

Pastor Walter Bastos, Diretor JUNEC.

 

Autor Marcos André
Páginas 90
Formato 14 x 21 cm
Assunto Estudo Bíblico, Escola Bíblica
Editora Editora OBPC
 
12x de R$ 0,66
R$ 7,99
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A Editora OBPC é a casa publicadora oficial da denominação O Brasil Para Cristo. A Editora OBPC tem como objetivo publicar através da JUNEC (Junta de Educação Cristã da Igreja OBPC) os assuntos que fundamentam nossa fé cristã e nossa visão teológica.

Social
Pague com
  • PagSeguro
Selos

EDITORA OBPC LTDA - CNPJ: 11.261.713/0001-25 © Todos os direitos reservados. 2021